sábado, dezembro 4

Marco Antônio anuncia implantação de posto do Hemominas em Itabira

A declaração foi feita durante evento em homenagem a doadores de sangue, nesta quinta-feira, no paço municipal

Em uma homenagem a doadores de sangue, nesta quinta-feira (25/11) – Dia Nacional do Doador de Sangue – o prefeito de Itabira, Marco Antônio Lage, anunciou a implantação de um banco de coleta de sangue da Fundação Centro de Hematologia e Hemoterapia de Minas Gerais (Fundação Hemoninas) no município. O evento aconteceu no paço municipal e contou com a presença do vice-prefeito Marco Antônio Gomes, da secretária municipal de Saúde Luciana Carmem Sampaio, do vereador Bernardo Rosa, dos coordenadores dos doadores de sangue – grupo Doe Vida – em Itabira e convidados.

De acordo com Marco Antônio Lage as negociações com a fundação estão avançadas: a Hemominas já aceitou a proposta da Prefeitura de Itabira e existe recurso de uma emenda parlamentar para a implantação do projeto. O funcionamento do banco de coleta de sangue custará aos cofres municipais cerca de R$ 800 mil por ano e deverá contar com uma equipe formada por dois médicos, dois enfermeiros, cinco técnicos de enfermagem e quatro técnicos administrativos.

“Vamos fazer algo de alto nível, de acordo com as premissas do Hemominas. Definiremos o melhor espaço e o custo-benefício. A tendência é que o posto de coleta seja no Hospital Municipal Carlos Chagas (HMCC), por ser um hospital público. No entanto, o sangue será distribuído para o Hospital Nossa Senhora das Dores também. Não será uma obra complicada, pois vamos aproveitar um espaço que já existe. Esperamos que até o meio do ano que vem tenhamos tudo pronto”, comemorou o prefeito.

Durante o evento, os doadores de sangue de Itabira foram homenageados, por meio dos coordenadores da ação no município. Cada um deles ganhou um certificado de reconhecimento das ações desenvolvidas em prol da saúde. Receberam o documento Haérica Aires Gonçalves, Vanessa Regina Ramos, Ailson Geraldo Costa, Rafael Meireles de Souza, Douglas Alexander Moreira Silva, Thaís Coelho Andrade Rezende, Marcos Antônio Ferreira da Silva, Silvia Júlia Vasconcelos Alves, Graciele Ferreira Barbosa, Karen de Oliveira Figueiredo Bretas, Letícia Duarte Madureira, Daniela Keyla Martins Silva e Daniele Paula Souza e Silva.

“Essa notícia é muito importante porque Itabira tem um potencial enorme de pessoas que doam sangue constantemente. Estamos há três anos com esse grupo e esse apoio da Prefeitura em trazer um banco de coleta de sangue para o município facilita muito o trabalho de deslocamento, já que hoje temos que ir a Belo Horizonte para realizar a doação. Com isso, muitas pessoas desistem de doar. Então esse é um grande passo para todos nós e para aqueles que são acolhidos pela macrorregião de Itabira ”, disse Rafael Meireles de Souza em nome dos coordenadores do grupo Doe Vida.

Comentários desativados