sexta-feira, julho 30

Presidente do Senado prorroga CPI da Pandemia por 90 dias

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), leu, na noite desta quarta-feira (14/07), no plenário da Casa, o requerimento de prorrogação dos trabalhos da CPI da Pandemia por mais 90 dias.

Inicialmente, a CPI da Pandemia, instalada no dia 27 de abril, seria encerrada no dia 7 de agosto, mas os trabalhos agora ocorrerão até outubro.

O regimento do Senado prevê que uma CPI pode ser prorrogada por até 90 dias se for apresentado um requerimento assinado por, pelo menos, um terço dos integrantes do Senado Federal.

O presidente da CPI da Pandemia, Omar Aziz (PSD-AM), disse que Pacheco havia informado que iria fazer nesta quarta a leitura do requerimento. A ideia é que na quinta-feira (15) seja aprovada a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) e que na próxima semana o Senado entre em recesso parlamentar.

“O prazo do encerramento da CPI recai no dia 25 de julho. Nós temos amanhã sessão com expectativa de votação da LDO e de entrarmos de recesso. Portanto, sendo esta sessão de hoje a última antes do recesso, me impõe comunicar que recebi requerimento solicitando prazo de prorrogação da CPI por mais 90 dias. O requerimento possui subscritores necessários e será publicado para que produza os devidos efeito”, afirmou o parlamentar na sessão desta quarta-feira.

Após o anúncio de Pacheco, o vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), celebrou a decisão em seu perfil no Twitter.

Comentários desativados