sábado 28 de novembro de 2020

Pastor é preso suspeito de importunação sexual

Um Pastor acabou preso acusado de importunação sexual, fato ocorrido dentro de um ônibus intermunicipal na BR-262.

De acordo com os agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o homem de 59 anos, que se identificou como sendo Pastor, foi preso acusado de importunação sexual na madrugada desta quarta-feira, 21 de outubro de 2020, na região de Rio Casca (MG).

A PRF foi acionada pelo motorista de um ônibus que fazia a linha Vitória (ES) a Belo Horizonte (MG), após denúncia de uma passageira de 39 anos.

A vítima relatou que, enquanto dormia, o passageiro do lado colocou as mãos dentro de sua calça, fazendo movimentos fortes. Ela acordou assustada e chamou o motorista, que parou o ônibus no posto da PRF.

Ao ser questionado pelos policiais sobre as acusações, o passageiro, que se apresentou como pastor, disse que sonhou. Porém, depois admitiu que cometeu o “ato libidinoso não consensual”. Ele ainda tentou se justificar dizendo que “estava há 20 anos sem uma mulher e por isso caiu em tentação”.

O suspeito foi levado para a Delegacia de Polícia Civil da cidade de Ponte Nova e a vítima seguiu também para aquela unidade policial para prestar queixa contra o pastor.

Comentários desativados