quarta-feira 15 de julho de 2020

Minas e BH sobem em ranking de transparência de compras emergenciais na pandemia

Um relatório da Transparência Internacional aponta uma melhora no nível de transparência de compras emergenciais em Minas Gerais e Belo Horizonte. Entre os estados, com 33 pontos a mais, o nível de transparência de Minas Gerais empata com Goiás na 5ª colocação.

Minas Gerais chegou a 94 pontos numa escala que vai até 100. Entre as capitais, Belo Horizonte  avançou 40 pontos, também passou para nível “ótimo”. A capital mineira totalizou 87 pontos e saltou da 12ª para a 5ª colocação. 

No topo do ranking da transparência em compras emergências da pandemia, o Espírito Santo, entre os estados, e João Pessoa, entre as capitais, se mantiveram na liderança do comparativo e atingiram a pontuação máxima. 

Comentários desativados