quinta-feira 4 de junho de 2020

‘Me pegaram’: Motorista do Uber que desapareceu em BH é encontrado vivo no porta-malas de carro

Familiares de Bruno Amaral Santos, de 41 anos, confirmaram na tarde deste sábado (11/01), que ele foi encontrado na cidade de Itaguara, a 120km de Belo Horizonte, ao sair do porta-malas do seu carro. O motorista de aplicativos passa bem. Ele desapareceu na tarde de sexta-feira (10) após aceitar uma corrida com destino a Betim, na região metropolitana da capital.

Segundo o irmão de Bruno, Elber José dos Santos, o motorista pegou dois passageiros no Centro de BH e, em seguida, entrou em contato com a esposa, por volta das 12h20 de sexta. “Ele mandou um áudio chorando e falando: ‘Dois caras me pegaram, não sei pra onde vão me levar”, conta.

Em contato rápido com a família por telefone, o motorista contou que teve todos os seus pertences roubados e precisou sacar dinheiro no banco para entregar a assaltantes que o abordaram. Bruno ainda disse que conseguiu se soltar no porta-malas e sair pelos bancos traseiros após o carro ser abandonado.

Elber e outros familiares se deslocaram para Itaguara com o intuito de encontrar Bruno. O motorista contou ainda que foi obrigado a ingerir uma bebida que o manteve desacordado. “Ele acordou dentro do porta-malas e conseguiu escapar pelo banco traseiro. A chave do carro estava na ignição”, conta Elber.

Em seguida, Bruno caminhou até chegar a uma barraca, onde pediu ajuda e ligou para a casa do pai, único telefone que se lembrava.

Comentários desativados