domingo 15 de dezembro de 2019

Mulher cai em golpe e perde R$ 1.500,00 ao ajudar “amigo”

Uma mulher que não teve a idade revelada chamou a Polícia Militar depois que constatou que havia caído num golpe e perdido a quantia de R$ 1.500,00. O estelionato aconteceu na manhã desta terça-feira (03/12), no bairro Lages, em Bela Vista de Minas.

A vítima foi até ao quartel policial e contou que recebeu uma ligação telefônica em seu local de trabalho. Do outro lado da linha, um homem se passou por um amigo da vítima e falou que estaria na BR-381, próximo a João Monlevade.

O suposto amigo ainda conforme relato da mulher estaria com dificuldades de entrar em contato com a seguradora. Diante disso, o homem pediu então que a vítima entrasse em contato com um senhor de nome “Luiz Antônio”, através de um número de telefone com prefixo (62).

Ao entrar em contato através do número repassado pelo suposto amigo, a vítima recebeu a  informação  de que um guincho já havia sido acionado e estava deslocando da cidade de Nova União e que também estaria levando um kit de primeiros socorros para o suposto acidentado. Ainda durante a ligação a vítima foi informada de que o serviço prestado só aceitaria pagamento em dinheiro, dando fim à ligação.

Logo em seguida, a pessoa que se declarava amigo da mulher, voltou a entrar em contato com ela e informou que precisaria da quantia de R$ 1.500,00 para pagar o serviço de reboque. O homem assegurou que pagaria a amiga assim que chegasse em Bela Vista de Minas.

Foi solicitado então que a vítima fizesse o depósito em uma conta corrente e enviasse o comprovante através de um aplicativo de mensagem.

Após ter efetuado a transferência a vítima relata que percebeu que havia muitas incongruências nas falas e nas conversas que teve via telefone, pediu a uma amiga o número de telefone do seu amigo Adriano e ao entrar em contato com ele, descobriu que ele estaria na cidade de Belo Horizonte e que estaria no princípio de seu turno de trabalho, concluindo então a vítima que havia sido enganada.

Diante das informações, militares colheram todos os dados possíveis na tentativa de localizar o autor. Registraram o boletim de ocorrência e encaminharam ao delegado da Polícia Civil, que ficará a cargo das investigações.

Comentários desativados