quinta-feira 14 de novembro de 2019

Racismo no Mineirão: “Olha a sua cor”, diz torcedor do Atlético em discussão com segurança

Clássico contra o Cruzeiro terminou com confusão generalizada no estádio

Durante discussão com um segurança que trabalhava no Mineirão no clássico entre Atlético e Cruzeiro na tarde deste domingo, um torcedor alvinegro, não identificado, praticou ato racista. “Olha a sua cor”, diz, em no segundo 56 de um vídeo publicado pelo jornalista Lucas Von Dollinger no Twitter (veja abaixo).

O empate por 0 a 0 entre Cruzeiro e Atlético, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, terminou em confusão generalizada, que envolveu invasão de setores, briga, quebra de cadeiras, bombas de efeito moral e gás de pimenta.

Nas imagens, torcedores do Atlético aparecem discutindo com seguranças do estádio que barravam a saída de emergência do setor. O ex-deputado estadual Iran Barbosa estava entre os torcedores atleticanos. Depois, ele falou sobre a confusão no Twitter.

“Lamentável a atitude racista do torcedor, mas é preciso deixar uma coisa clara: estava todo mundo tentando sair dali, com seguranças barrando a saída de emergência. Foi por essa saída, inclusive, que, depois de liberada, a vovó do Galo saiu carregada”, publicou.

Barbosa foi muito criticado por utilizar a palavra “mas” numa frase sobre uma pessoa que praticou ato racista. Em seguida, pediu desculpas: “Peço desculpas se deu margem para compreensão contrária, mas que uma coisa fique bem clara: quero esse racista preso tanto quanto vocês”.

Comentários desativados