quarta-feira 20 de novembro de 2019

Idoso é agredido a coronhadas durante assalto em uma residência no bairro Amazonas em Itabira

Família vive momentos de terror ao ter casa invadida por bandidos armados, na Rua Honorina Machado, no bairro Amazonas, na noite desta terça-feira (06/11), por volta de 19h40min, durante o assalto um idoso de 67 anos chegou a ser agredido com coronhadas na cabeça.

De acordo com as informações na residência estava o idoso, sua filha de 35 anos, e uma neta de 5 anos, os bandidos entraram na casa pulando o muro aos fundos que da na área do pasto de uma antiga fazendinha divisa com o bairro Hamilton, todos foram rendidos com armas apontadas para eles.

Os bandidos a todo o momento exigia que lhes fosse entregues celulares e todo dinheiro e joias. Dois ladrões colocaram a mulher e sua filha em um dos cômodos com eles, já o terceiro marginal levou o idoso até o quarto onde o agrediu com coronhadas na cabeça exigindo mais valores, em um determinado momento o bandido chegou a dizer que cortaria os dedos dele caso não entregasse as joias, contou o idoso aos Militares.

Os bandidos para não serem identificados usavam toucas cobrindo os rostos, depois de apanhar todos os pertences de valor, pularam o mesmo muro e fugiram pela pastagem com cerca de R$ 1.500,00 reais em dinheiro, dois aparelhos celulares e um Ipad, já no momento em que a Central de Operações da Polícia Militar (COPOM) foi acionada, retransmitiu para todas as viaturas que mantiveram as atenções voltadas para o rastreamento e cerco bloqueio na região do assalto na tentativa de localizar e prender os bandidos.

Segundo informações enquanto Militares com uma das vitimas rasteavam o aparelho celular outros faziam cerco no campo do São Lourenço no bairro Clovis Alvim, pelas Ruas dos bairros Hamilton, Machado e Amazonas, os Militares buscaram imagens de câmeras de monitoramento que poderiam ajudar o Serviço de Inteligência a identificar os autores. Os Militares acreditam que durante o assalto um quarto envolvido se manteve do lado de fora da residência observando toda movimentação enquanto os comparsas agiam.

A ocorrência foi registrada e encaminhada à Delegacia de Polícia Civil responsável por investigar o caso.

Comentários desativados