quarta-feira 20 de novembro de 2019

ANM faz 24 autuações à Vale pela tragédia em Brumadinho

Relatório técnico final elaborado pela Agência Nacional de Mineração (ANM) com 194 páginas aponta ao menos cinco inconsistências entre as informações prestadas pela empresa Vale ao longo de 2018 e a situação verificada pela agência após o acidente em 25 de janeiro na barragem da mina de Córrego do Feijão, em Brumadinho.

A ANM emitiu 24 autuações à Vale e vai encaminhar o relatório à Polícia Federal, à Controladoria-Geral da União (CGU), ao Tribunal de Contas da União (TCU) e Ministério Público Federal (MPF).

Entre as “discrepâncias”, técnicos da ANM indicam que “algumas informações importantes que constavam no sistema interno e nas fichas de inspeção no campo da Vale, não foram as mesmas inseridas no Sistema Integrado de Gestão de Segurança de Barragens de Mineração, o que impediu que o sistema alertasse os técnicos de situação com potencial comprometimento da segurança da estrutura”.

Comentários desativados