quarta-feira 20 de novembro de 2019

Prefeito dá ordem para que clube não contrate o goleiro Bruno

O Barbalha, do Ceará, tinha planos de contar com o goleiro Bruno, ex-Flamengo. No entanto, após reunião com Argemiro Sampaio (PSDB), prefeito da cidade e também patrocinador do clube, o time mudou de ideia. As informações são do site Diário do Nordeste.

O clube cearense, atualmente na primeira divisão do estadual e que disputará a Copa do Brasil em 2020, já teria acertado as bases salariais e um pré-contrato com Bruno.

A contratação dependia, também, de uma resposta positiva do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ/MG), que precisava liberar a transferência de Bruno da cidade de Varginha, em Minas Gerais, para Barbalha.

Bruno foi condenado a 22 anos e 3 meses de prisão, em 2013, por homicídio, sequestro e cárcere privado e ocultação de cadáver no caso que envolveu Eliza Samudio. O ex-jogador do Flamengo está em regime semiaberto.

Comentários desativados